Loading...
Psicólogo RJ2019-05-27T04:09:14+00:00

Encontre sua melhor versão com um Psicólogo RJ

Há uma diferença entre ouvir e entender ativamente, este último requer treinamento formal, que um Psicólogo RJ possui, e por isso pode lhe ajudar!

Você sabia que cerca de 20% da população mundial de crianças e adolescentes está sofrendo de transtornos mentais ou problemas? Um em cada dez adultos está lutando contra um grande desafio como a depressão, e os números continuam aumentando? A mente humana é excessivamente complexa, com muitos desafios que podem dar nos nervos de tempos em tempos.

A capacidade de controlar esses desafios como seres humanos é uma das decisões mais difíceis que podemos tomar. Bem-vindo à página Psicólogo RJ, Se você se sentir perdido ou precisar de clareza em sua vida, o que a maioria das pessoas faz, um psicólogo RJ é o lugar certo para você.  Um psicólogo RJ a ajudará a encontrar seu caminho na vida e a conectá-la com a bússola interna que controla suas decisões e escolhas.

ENTRE EM CONTATO COM UM PSICÓLOGO RJ

Psicólogo RJ e Habilidades Emocionais

Quais são os botões emocionais que levam você a reagir de forma exagerada? Existe alguma maneira das pessoas olharem para você, falarem com você ou agirem de uma forma que a leva a explodir de raiva ou tristeza? Você não pode explicar por quê, mas sabe que, quando isso acontece, você sente seu autocontrole se esvaindo.

Ser defensivo e refutar o fato, é uma atitude comum que muitos tomam quando as pessoas cutucam um ponto emocionalmente sensível em sua psique. Para alguns indivíduos, no entanto, esses botões são mais prevalentes e problemáticos do que para outros. Eles vêem críticas em toda parte e, por sua reação exagerada, pioram as coisas.

ENCONTRE UM PSICÓLOGO RJ

Esta simples regra de comunicação pode salvar seu casamento

Psicólogo RJ – A importância da comunicação em um relacionamento

Todas as maneiras de falar, não são iguais. Um dos desafios do casamento  que identificamos nos casais que buscam um psicólogo RJ, é fazer declarações “eu” autênticas que expressem crenças e sentimentos sem julgar ou atacar o parceiro. Compreendemos que isto pode ser bastante fácil se o parceiro estiver concordando vigorosamente (“Eu achei você brilhante esta noite”) ou se o assunto for neutro (“Eu sei que você gosta de baunilha, mas eu prefiro chocolate”). Mas quando você está lidando com um parceiro defensivo ou com um assunto complicado, nada é simples ou fácil.

Declarações “eu”, no entanto, podem impedir que uma conversa difícil exploda em uma briga . Uma declaração “eu”  começa com “Eu acho que …” Eu sinto … “” Eu temo … “” Eu quero … “Pratique fazendo este tipo de declarações.

Mais importante ainda, lembre-se que um verdadeiro “eu” tem essas características:

* Tem um leve toque

* É sem julgamento e sem culpa

* Não implica que a outra pessoa seja responsável por seus sentimentos ou reações

* É apenas sobre você – não sobre o seu parceiro.

Cada declaração “você” (“Você está controlando!”) Pode ser transformada em uma declaração “eu”. (“Eu preciso tomar minha decisão aqui”). Tenha em mente, no entanto, que mudar a estrutura gramatical de suas frases é apenas parte do desafio. Você também precisa tirar o máximo da sua voz. Um tom intenso e reativo irá “desfazer” até mesmo a declaração “Eu” mais cuidadosamente construída e pode parecer culpável.

Podemos pensar erradamente que estamos falando em “eu” quando juntamos as palavras “penso” ou “sinto” diante de uma frase, mas isso não funciona. Às vezes é fácil detectar uma declaração de pseudo “eu” (“Eu acho que você tem um distúrbio de personalidade narcisista”) que julga ou diagnostica a outra pessoa.

ENTRE EM CONTATO COM UM PSICÓLOGO RJ

Blog Psicólogo RJ

Essas são os mais novos textos publicados no blog Psicólogo RJ

ENTRE EM CONTATO COM UM PSICÓLOGO RJ